A Delícia que Todo Mundo Está Falando: Pizza de Abóbora c/ Gengibre e Parmesão!

Essa pizza de abóbora com gengibre e parmesão é uma experiência única! Se você gosta de sabores exóticos e incomuns, esta pizza será seu novo favorito. Experimente a combinação refrescante de abóbora, gengibre e parmesão para acender seus sentidos.

Pizza de abóbora com gengibre e parmesão

Parâmetro Descrição
Tipo de Receita Comida Italiana
Tempo de Preparo 40 minutos
Tempo de Forno 20 minutos
Calorias 500 calorias
Rende 2 porções

Pizza de Abóbora com Gengibre e Parmesão: Uma Delícia saudável

Esta pizza é uma receita nutritiva, pois alia sabor ao equilíbrio nutricional necessário para uma alimentação saudável. O tempo de preparo é de aproximadamente 40 minutos e o tempo de forno é de cerca de 20 minutos. Esta é uma receita de comida italiana saudável, pois a abóbora é rica em vitaminas, minerais e fibras. Esta pizza tem cerca de 500 calorias e rende duas porções. Vamos às instruções!

É importante lembrar de alguns pontos para que esta pizza fique saborosa e nutritiva. Utilize abóboras frescas para preparar a massa. Escolha ingredientes frescos para compor o recheio, para que não haja perda de nutrientes nos ingredientes. Opte por temperos frescos, para que não haja perda de sabor.

Ingredientes da Massa

  • 1 abóbora italiana pequena
  • 1 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de chá de azeite extra-virgem
  • 2 colheres de sopa de água
  • 1 colher de sopa de gengibre ralado
  • 1/2 colher de chá de sal

Ingredientes do Recheio

  • 100g de queijo parmesão ralado
  • 2 colheres de sopa de azeite extra-virgem
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1/2 xícara de chá de alho-poró (ou outro alho de sua preferência)
  • 1/2 xícara de chá de cebola picada
  • 3 colheres de sopa de manjericão fresco
  • 2 tomates frescos fatiados

Modo de Preparo

  • Descasque a abóbora e corte em cubos pequenos. Coloque em uma tigela e tempere com sal e gengibre.
  • Leve a abóbora ao Microondas por um período aproximado de 8 a 10 minutos.
  • Espere esfriar, descarte a água produzida e triture a abóbora até obter uma consistência cremosa.
  • Em uma tigela, misture a abóbora triturada, o azeite, a farinha de trigo, a água e o sal até obter uma massa homogênea.
  • Tire a massa da tigela e abra-a com as mãos sobre uma assadeira untada com óleo.
  • Leve ao forno por 10 minutos, retire e deixe esfriar.
  • Enquanto isso, em outra panela, aqueça o azeite e frite o alho-poró, a cebola e o manjericão.
  • Retire do fogo e tempere com sal.
  • Coloque a mistura nos ingredientes a cima para cobrir a abóbora assada.
  • Salpique queijo e tomate por cima e leve ao forno por mais 10 minutos.
  • Sirva ainda quente e aproveite!

Utensílios Necessários

  • 1 tigela grande
  • 1 assadeira
  • 1 panela
  • 1 processador de alimentos
  • 1 colher
  • 1 espátula

Dicas para Escolher os Ingredientes

  • Ingredientes frescos possuem mais nutrientes e preservam o sabor natural dos alimentos, opte por eles.
  • Abóboras orgânicas possuem mais nutrientes que as convencionais, mas é importante lembrar de que elas possuem menor tempo de validade.
  • Prefira temperos frescos para evitar perda de sabor e nutrientes.

Dicas para Preparar a Receita

  • A quantidade de água que é adicionada à massa deve ser ajustada de acordo com a consistência desejada.
  • O tempo de preparo é determinado pela abóbora, portanto é importante respeitar o tempo recomendado.
  • Prefira utilizar alimentos com menor teor de gordura, para que a pizza fique mais saudável.

Notas de Rodapé

  • Recomenda-se o uso de queijos magros para evitar o acúmulo de gordura no corpo.
  • Esta receita não leva muçarela, mas é possível adicioná-la para melhorar o sabor da pizza.

FAQ

Por quanto tempo deve-se deixar a abóbora no forno?

A abóbora deve ser assada por aproximadamente 10 minutos, mas isso pode variar de acordo com o tamanho dos cubos.

Esta receita pode ser congelada?

Sim, é possível congelar esta pizza. Porém, recomendamos utilizar o método de descongelamento “selado a vácuo”, para que não haja perda de nutrientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *